OpenSource_PuTTY

O PuTTY é a ferramenta Open Source mais utilizada para acesso a servidores. Implementa os protocolos SSH, Telnet e Rlogin.

Foi criada por Simon Tatham e é ativamente mantida por uma pequena equipa. Tendo inicialmente sido criada para Windows existe atualmente uma versão também para sistemas Unix.
Encontra-se atualmente na versão beta 0.64.
O software pode ser descarregado neste link.

OpenSource_PuTTY_screenshot

O PuTTY tem as seguintes funcionalidades:

  • Acesso a servidores usando Secure Shell (SSH-1 e SSH-2)
  • Acesso a servidores usando Telnet
  • Acesso a servidores usando RLogin
  • Emulação de terminais xterm, VT102,
  • Permite acesso RAW (Sem interpretação de protocolo)
  • Cópia de ficheiros via SSH em linha de comando
  • Cópia de ficheiros via SFTP em linha de comando
  • Suporte de redireção dinâmico de portas (Incluindo X11)
  • Suporte de IPv6
  • Acesso a portas Série locais - COM
  • Definição de velocidade, Bits de Dados, bits de Stop, Paridade e controlo de Fluxo na porta Série
  • Permite gravar a sessão para ficheiro
  • Permite gravar a configuração de sessão
  • Pequena dimensão (512K) e transportável

Trata-se de uma simples mas completa ferramenta de acesso remoto.

Não tendo uma forma simples de gerir as sessões existem ferramentas como o WinSCP que permite ajudar nessa gestão.

Para terminar e por não parecer intuitivo para se aceder às configurações depois de estabelecida uma sessão deverá usar-se o botão da direita do rato no topo da janela. Desta forma é exposto o menu que tem inúmeras opções.

Links úteis:

Related Content